domingo, 19 de maio de 2013

Gordura Trans


O que é? E porque faz tão mal a saúde


Antes de falarmos de gordura trans, vamos entender a sua origem, falando sobre como ela se forma a partir dos lipídios.Sabemos que os principais tipos de lipídios são os óleos e as gorduras, sendo que a diferença principal entre eles, está na mudança no estado físico, pois sob temperatura ambiente, óleos são líquidos e gorduras são sólidas. E Apesar dessa diferença, óleos e gorduras apresentam como componentes com maior percentual os triacilgliceróis.
Estas moléculas de triacilglicerol só se diferenciam em  razão de suas cadeias carbônicas, dos ácidos graxos incorporados em sua estrutura, Os principais ácidos graxos apresentam cadeia não ramificada e número par de átomos de carbono, podendo ser insaturados ou saturados. Ou seja, com dupla ligação ou não.






Na gordura trans ocorre á presença de uma insaturação entre átomos de carbono, e tem-se a possibilidade de realizar além de isômeros trans o isômero cis. Em virtude da tensão provocada por dois seguimentos volumosos presentes do mesmo lado da ligação dupla, os isômeros cis são termodinamicamente menos estáveis.








A principal fonte de gordura trans é a hidrogenação parcial de óleos vegetais que são submetidos a um procedimento químico chamado de hidrogenação. No processo de hidrogenação, o hidrogênio é acrescentado aos óleos vegetais, que se solidificam.





O resultado é uma gordura mais grossa, a principal fonte de ácidos graxos trans é a gordura vegetal hidrogenada, que será, utilizada no preparo de sorvetes cremosos, chocolates, pães, molhos para salada, biscoitos recheados, entre outros alimentos com consistência crocante, mas é preciso saber como isso implicará na alimentação, e é neste momento que ela pode se tornar o vilão.
Alguns estudo já realizados, apontam que a ingestão elevada de AGT(ácidos graxos trans) na dieta aumenta os níveis da lipoproteína de baixa densidade (LDL) o chamado popularmente de colesterol ruim, porém de maneira similar aos ácidos graxos saturados. Entretanto, foi verificado que os AGT, reduziam os níveis da lipoproteína de alta densidade(HDL), conhecida também como colesterol bom, alterando significativamente a razão entre a LDL e o HDL. Então é bom está evitando a ingestão desse tipo de gordura, já que sabemos também que ele aumenta muito na dieta o valor de gordura saturada, que contribui para o aumento do risco de doenças cardiovasculares, pois vai aumentar o colesterol LDL, aquele que irá se acumular nas paredes das artérias, ocasionando entre outras doenças a aterosclerose.





Por Luciana Costa


Fonte:
http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc32_2/04-CCD-9509.pdf
http://www.scielo.br/pdf/rn/v17n3/21885.pdf






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário